quarta-feira, agosto 30, 2006

Regresso às aulas é na Psicasténica

Está a acabar a silly-season…é o cliché desta época do ano, verdade? Ele é o retorno do campeonato de futebol, as rentrées políticas e claro, o regresso às aulas! É adorável ver as carinhas sorridentes dos petizes a caminho da escolinha. Que bom! Uma mochila nova! O estojo dos lápis de cor! Aqueles olhinhos brilhantes que dizem “voltar à escola é mesmo bom”! O TANAS! Mas alguém ficava contente quando cheirava a fim de Agosto? Façam lá um esforço de memória e lembrem-se da agonia que era ver os anúncios de regresso às aulas (=fim de férias). E voltar a vestir calças e roupa de manga comprida (=fim de férias)? E ouvir os pais dizer que “este ano não te podes descuidar” (=fim de férias)? Mas o fantástico mundo da publicidade faz com que tudo isto pareça um mar de rosas! Já pensaram como seria credível o anúncio “Funerária Lemos - funerais dignos de um rei”? Imaginem só um jardim florido em que até a viúva sorria ao ver um féretro com as cores da moda e acolchoado com veludo italiano. Os filhos do defunto surgem em grande plano a sorrir convencendo-nos que querem ser os próximos a ir desta para melhor e no fim, um close-up do finado com um ar angelical e um sorriso maroto a querer aparecer nos seus lábios roxos. Em escala diferente é o que querem as cadeias de hipermercados fazer com o regresso às aulas (até a expressão deve estar patenteada). O mundo da publicidade fascina-me e aproveitei a deixa de uma pessoa amiga para me referir a ele. Mas não vos amolo mais…fico à espera das vossas reacções aos reclames mais infames, enquanto na minha cabeça pululam anúncios de pensos higiénicos em que alegria é tão contagiante (só pode, para fazer um gajo esquecer para que é que eles servem) e só comparável à alegria da família que toma contacto com Kinder Surpresa (como se tivessem resolvido o problema da pobreza no mundo). Entretanto olho para o rótulo da minha Pedras Pêssego com Ginseng que diz “desfrute de momentos únicos de prazer”…PORRA! É UMA GARRAFA DE ÁGUA!

Sub-Lodo

quinta-feira, agosto 17, 2006

Considerações do Katano: você não faz ideia do que come nas tascas portuguesas



No outro dia confrontaram-me com a ideia de que os posts psicasténicos, apesar de variados, carecem sempre de fundamentação, sendo mais baseados em rumores e teorias do que factos propriamente ditos (perdoa-os, Anselmo, porque não sabem o que dizem...). Assim, decidi fazer pesquisa para este post. Tudo o que ler aqui resulta da análise a dezenas de livros de culinária manhosa, pseudo-entrevistas a donos de tascas (falei com um e basta) e relatórios de saúde alimentar (gentilmente furtados a estudantes de veterinária). Se é daqueles que acha que já viu tudo, que sabe tudo, e que nada pode ser aprendido neste blog, então este é o post para si.
Túbaros de porco? .... sabe o que são, cibernauta? É um prato cozinhado no norte que consiste em nada mais nada menos do que testiculos de porco com legumes à mistura. Tomates de porco!!!! Quem raio é que se lembra de cozinhar tomates de porco?! «Hey querida, hoje apetecia-me algo diferente. Podes ir arrancar os tomates ao porco para comer túbaros?». Que se mate o animal para fazer bifes e febras tudo bem, isso é digno. Agora, capar o bicho e comer-lhe os berlindes é cruel. E sopa de cérebro? já ouviu falar? É um prato muito apreciado na altura da matança do porco na Beira Interior, e é feito com.... adivinhe lá: cérebro de porco!!! Basicamente eles fazem uma canja com os miolos do bicho. Acha nojento? Então é porque ainda não provou língua de vitela. Não acredita? Vá a Santarém e entre na tasca da Ti joana. Peça o menu e bom apetite... De certeza que já provou sopa de cobra! Não?! É uma iguaria do interior. E não me façam falar de caracois.....
Se é daqueles crédulos que acha que nos restaurantes portugueses não se comem porcarias ficará chocado por descobrir que 89% dos restaurantes chineses estão em situação irregular devido à infracção de pelo menos uma regra da A.S.A.E. (Autoridade para a Segurança Alimentar e Economica). As más noticias para aqueles que pensavam ser os chinocas os únicos responsáveis são que a A.S.A.E., em apenas 5 meses, detectou em 273 estabelecimentos (portugueses) irregularidades que levaram à recolha de produtos no valor da 2,7 milhões de euros. É muito guito! O mesmo organismo estima que 3 em cada 5 cozinheiros de tascas só lavam as mãos quando saiem do trabalho. Partindo do principio de que o ser humano típico faz 3 pausas para mijar por dia... consegue imaginar o resto. Mas coragem, nem tudo são más noticias. Ok, cozinhamos com pouca higiene, mas somos excelentes cozinheiros e se tomar a devidas precauções pode comer à vontade em tascas.
Faça o que fizer não olhe para a cozinha!! Só se vai arrepender se o fizer. Peça apenas pratos em que possa identificar todos os ingredientes (eu sei, isto exclui a feijoada, a cabidela, o sarrabulho, o empadão, etc... mas é para o seu bem). Finja que é inspector sanitário. Desta forma cozinham-lhe os melhores pratos. Como é que finge? Fácil. Faça perguntas sobre as licenças, a ventilação, as datas do controlo de pestes, peça para ver o livro de reclamações, pergunte a origem dos produtos e estranhe a ausência de toca na cozinheira.
Com fome, caro cibernauta? Longe de o querer assustar, pense nisto como um alerta. A gastronomia portuguesa é boa, desde que não se saiba como é preparada. Acima de tudo espero ter-vos «aberto o apetite» para mais posts psicasténicos.

Abraço do Katano (que por esta altura deve estar a jantar)

sábado, agosto 12, 2006

S.O.S



O caso é grave. O Sr. Anselmo já está a caminho do médio oriente, a pé... para não levantar suspeitas... faz de conta que vai só comprar o jornal...
Depois de uma noite em claro e uma garrafa de whisky, decidi que estou em perigo e que o melhor é enviar esta mensagem secreta para que os maus não saiam impunes. Conto convosco...
Separava uma ou outra espinha, que mãos negligentes deixaram escapar no meu bacalhau à brás, quando uma sensação de alarme e mau estar se começou a apoderar de mim... olhei à minha volta, mas nada... tudo absolutamente normal... voltei a concentrar-me na separação das espinhas do bacalhau e a senção voltou mais forte... eu pensei, bichinho é um sinal... mudei-me para a útima mesa, a do cantinho, pus os óculos de sol (e como estava calor para a gabardina, optei pelo simples bigode) e pus-me a observar tudo atentamente, mas nada. Retiro o disfarce volto às espinhas e... de repente fez sentido, separar o trigo do joio, o bom do mau, e a imagem do marroquino veio-me à cabeça. Tudo começou encaixar, as noticias, o comportamento, tudo, tudo ,tudo!
Pedi um café e acendi um cigarro para comunicar com o Sr. Anselmo, através das bolas de fumo que nem consigo fazer...
E sim... Tudo encaixa... reparem...
De acordo com as informações do Sr. Anselmo, o Marroquino simpático lá do café veio para o nosso país mais coisa menos coisa há dez ou quinze anos... casou-se e fez a sua vida como qualquer outro, só que não vendia tapetes na rua nem frôr nos cafés... não... abriu um café (com que dinheiro?? e porquê aqui, nesta cidadezinha? Toda a gente sabe que para se vencer na vida é preciso sair daqui e não vir para aqui, eu inclusivé, até já tive velhotas simpáticas que me disseram isso mesmo no autocarro).
Mas não é um café qualquer, é um netcafé (mas não tem sitío na internet? porquê, porque a publicidade não é desejada, porque ele quer passar despercebido...).
E as horas a que ele abre o café... é conforme lhe apetece, uma pessoa nunca sabe... esta semana por exemplo, esteve fechado sem explicar nada a ninguém na quarta e na quinta...
A minha preocupação aumentava e nos resquícios daquilo que poderia ter sido uma bela bola de fumo vejo a informação fatal, a informção que faltava afinal o marroquino não é marroquino, é arábe... das arábias... das mil e uma noites e dos 40 ladrões e do ali bábá... Senti-me ultrajada.
Não sei que faça... tudo bate certo... ele é de certeza um deles... ainda não consegui abrir o site do FBI para ver os mais procurados, mas tudo, o disfarce (olha nós que anos e anos achamos que ele era marroquino!!), o café para comunicar com os camaradas à vontade, os timings... tudo bate certo... não pode deixar de ser...
Acho que vou comprar o jornal e vou lá beber um café naquela do "hem... então ainda não encontrarm os suspeitos todos...." para ver se ele deixa cair a bandeja com os cafés, a confirmação que falta. Desejem-me boa sorte! E ao Sr. Anselmo que foi à procura das pegadas que o trouxeram... Se eu não voltar a aparecer, vejam se descobrem esta mensagem secreta e tomem providências...

terça-feira, agosto 08, 2006

Epístola de Tigrão aos leitores


Caríssimos leitores e leitoras da nossa estimada Bloga,
Tenho assistido, sem me intrometer, às liças que ocorrem diariamente neste nosso espaço de confraternização e amor e onde muitos dos nossos leitores regulares se têm queixado dos longos tempos sem posts.
Do muito que li criei para mim uma imagem do visitante tipo deste nobre espaço: maioritariamente virgueiros com mais de 30 anos que moram com os pais e que o mais perto que estiveram de uma relação sexual foi um toque acidental no seio direito da prima Dulce (que está na Suiça e vem todos os anos por altura da festa da terra).
Este tipo de leitor vê na Psicasténica um meio de fantasiar: todos querem ser Anselmos, Tigrões, Bichinhos, Katanos e não falta mesmo quem queira ser Sub-Lodo! É nítido que esta nossa bloga é já uma Caras ou uma Flash da blogosfera...
Mas, meus caros, nem todos somos cyber-freaks-viciados-em-blogas-absurdas. Feliz ou infelizmente, há quem tenha vida além da Bloga. Em verdade vos digo, se é certo que o Katano ou o Sub-Lodo encontram neste espaço a coisa mais emocionante, radical e perigosa das suas vidas, já a Bichinho se vê constrangida pelos deveres e afazeres domésticos que limitam a existência de uma jovem casadoira e parideira.
Dado que o nosso estimado auditório tem estado perto de situações de hipertrofia-cerebral deixo uma sugestão cibernética alternativa: http://www.vivismovies.com/channel1.shtml . Sempre que a vossa vida começar a perder o sentido em virtude na inexistência de postas diárias vejam um filmezito com uma boa sodomia à mistura. Este site tem 8 canais, basta que na barra de endereços substituam o 1 por qualquer outro dígito até 8 e terão ao vosso dispôr 24h de pornografia sem custos.
Espero que esta dica contribua para a diminuição dos níveis de stress e agressividade manifestados nos últimos comentários. É verão, o sol brilha, os filhos e netos da diáspora regressam! Aproveitem! Agosto é o mês dos bailaricos, dos carros amarelos, das meninas que falam francês e felaceiam com brio atrás das igrejas!
Vão à praia, façam castelinhos na areia, espalhem protector nas costas da menina da barraca do lado, vivam a infância que nunca tiveram que quando o Verão acabar a bloga volta à força máxima!
Até lá, despeço-me com amizade e faço votos que a sugestão para os tempos mortos da bloga vos agrade!


PS: Para aqueles que nunca sairam de casa no Verão e passam os dias em frente ao computador deixo na imagem um exemplo das espécies que deambulam pelas nossas praias... Não há posta que supere estas febras!